Resenha Cervejeira: Dogma Gymnopedie (Sour IPA)

14 de outubro de 2019 0 Por blogmundodacerveja

Por: Pedro Freitas

 

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês?

 

Vamos começar a semana falando de uma cerveja que ao mesmo tempo é diferentona (a começar pelo nome), porém, muito, mas muito boa? Então bora falar da Dogma Gymnopedie, da cultuada Cervejaria Dogma daqui de São Paulo. O estilo dela é uma Sour IPA (te falei que ia ser diferente) com inclusão de mirtilo, abacaxi e baunilha. Essa cerveja tive o prazer de beber graças a alguns queridos que estavam em São Paulo a passeio e me chamaram pra beber, e também conhecer lugares novos que eles ainda não conheciam aqui em SP. Estou falando da Sommelierè da Cervejaria Bragantina (lugar que vou visitar em breve, com post sobre o lugar) Mariana Linhares, Daiane Almeida que também trabalha nessa mesma cervejaria, e do cervejeiro Gustavo Ribeiro, e fiz questão de apresentar a eles o Tasting Room da Cervejaria Dogma, lugar que ainda (que vergonha!!!) não conhecia, e gostei demais. Gostei tanto que em breve tem post sobre essa visita que fiz a esse lugar.

 

A Cervejaria Dogma foi fundada em 2015, a marca nasceu da paixão de três amigos por cervejas com personalidade. Bruno Moreno, da Cervejaria Serra de Três Pontas; Luciano Silva, da Noturna e Leonardo Satt, da Prima Satt, já se ajudavam com receitas, produção e logística quando decidiram unir forças numa única empresa. Famosa pelos rótulos sazonais e pelas receitas criativas e lupuladas, a Dogma conta com mais de 180 rótulos que agradam consumidores ávidos por qualidade e complexidade. A marca já conquistou três vezes o título de melhor cervejaria do país pelo portal RateBeer (2015, 2017 e 2018)

 

Beleza, já temos uma idéia que a Dogma Gymnopedie é boa, já sabemos um pouco da história da cervejaria, mas o que significa esse nome? Pois eu pesquisei, e com a ajuda da queridona da Miriam Lago, assessora de imprensa da cervejaria, descobri que na realidade Gymnopedie são Gymnopedies!! E essa palavra diferente  significam três composições para piano escritas pelo francês Erik Satie, publicadas em Paris a partir de 1888.

 

A conotação exata do termo gymnopédie é incerta. Pode se referir à dança,ou antiguidade,  ou ainda nudez, apesar de palavras como “gymnastique” (ginástica) e “gymnase” (ginásio) baseadas na mesma palavra para nudez (γυμνός – “gymnos”) serem comuns naquela época, ainda que sem referência à nudez propriamente dita.

 

A Dogma Gymnopedie é vendida em latas de 473ml, com 6,3% de graduação alcoólica (IBUs não informados). Ela apresenta uma coloração vinho bastante opaca, com um aspecto juicy que deixa a apresentação dela na taça muito bonita. Junto dessa cor estilosa ela apresenta uma espuma levemente rosada com ótima formação e duração, deixando uma boa camada de espuma até o final da taça. No aroma, abacaxi e baunilha gritam forte, um aroma, um perfume muito intenso. Gostei demais desse aroma, porém, sou muito suspeito para falar pois abacaxi pra mim é a fruta mais aromática e saborosa que existe. Portanto, o aroma dela iria chamar muito minha atenção. No sabor, o abacaxi continua bastante presente, a baunilha ficou mais discreta no paladar em relação ao aroma, e percebi algo muito agradável, mas acho que foi coisa mais psicológica minha, e acredito que isso que ocorreu foi por causa da coloração dessa cerveja, no final do gole, a sensação que tive foi de ter tomado aqueles ponches de abacaxi com vinho. Negócio meio diferente e muito gostoso. Mesmo sendo uma Sour IPA, o amargor dessa cerveja é baixíssimo, em compensação sua acidez foi muito mais perceptível. Diria que ela é mais Sour que IPA, mas mesmo assim uma senhora cerveja.

 

Opinião do BMdC sobre a Dogma Gymnopedie: Olha, gostei demais dessa cerveja. Diferente em todos os sentidos: cor, aroma, sabor. Uma senhora cerveja que quero voltar a beber o mais rápido possível.

 

A Dogma Gymnopedie é produzida e comercializada em seu Tasting Room no bairro de Santa Cecília em São Paulo. Portanto galera cervejeira linda do meu coração que tá lendo esse post e mora fora de São Paulo e se interessou por essa cerveja, bora vir pra cá experimentar essa delícia de cerveja, pois vale muito a pena. E você que está lendo esse post, já bebeu a Dogma Gymnopedie, ou outra cerveja da Dogma? O que achou, gostou ou não gostou? Fala pra mim aqui no final do post, porém, se você preferir, manda um e-mail para bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br. Sua opinião é muito importante pra mim.

 

Saúde galera cervejeira, e bora beber.